Uma abordagem oriental de terapia corporal na gravidez


A Massagem durante a gravidez actua em muitos níveis e alivia os desconfortos, bem como prepara corpo para o parto naturalmente. Promove também estados meditativos e estreitam os laços mãe/filho que permitem a gestante vivenciar uma gravidez prazerosa e saudável.

A Massagem Thai propõe integração corpo/mente e espírito através do toque aliado aos alongamentos e a meditação, retomando a milenar tradição budista da Tailândia. Esta é uma técnica que destaca por conter elementos de duas importantes Medicinas: Ayurveda e Chinesa, trabalhando o corpo de forma completa com estiramentos, pressão suave e um ritmo lento e contínuo.

Este blog é dedicado a prática terapêutica, ensino da técnica e complementos na abordagem durante a gestação, parto e puerpério, com seus inúmeros benefícios para as mulheres e bebês.

2.9.09

Massoterapia: bem-estar e saúde para o corpo



A liberdade do corpo e da mente foi tema da 2º Jornada de Massoterapia

Com o tema Liberdade do Corpo e Mente, a Jornada Técnica Latino-Americana de Massoterapia abriu a 2º edição, durante o primeiro dia da Beauty Fair. No período da manhã, os profissionais presentes vivenciaram técnicas de massagem Thai, com Javier Sunder, que ministrou a palestra sobre Harmonia Interior pelo Toque. Sunder é Thai massoterapeuta, formado na Tailândia e professor o Spa Escola Orienthai, em São Paulo. “A massagem é uma arte, uma poesia. Ela trabalha no desenvolvimento humano, pois você acolhe e restaura o cliente no momento do toque. É uma terapia que auxilia no re-equilíbrio do indivíduo, transformando o mental e emocional”.

‘Massagens orientais na saúde da mulher’ foi a segunda apresentação do encontro. A professora Marjorie Sá, massoterapeuta com formação também na Tailândia, enfocou como a Medicina Oriental pode ser aplicada no nosso país. “É um tratamento de prevenção, que engloba práticas corporais, uso de elementos da natureza e meditação”, explica.
De acordo com Marjorie, as mulheres negam a pureza do próprio ciclo menstrual, ingerindo hormônios artificiais, são sedentárias e fazem uso de uma alimentação pobre em nutrientes e vitaminas essenciais desenvolvendo doenças e desequilibrando o organismo.
Sâmia Maluf apresentou a Aromaterapia na Massagem, que é o uso personalizado de óleos essenciais nas práticas como elemento para fidelizar o cliente trabalhando o corpo de maneira natural e holística. “Os óleos atuam no corpo restaurando nossas energias curativas e proporcionando o balanceamento entre corpo, mente e espírito”, diz.
Com a coordenação científica de Armando S. B. Austregésilo e a presença dos palestrantes, o encontro da manhã foi finalizado com uma mesa-redonda, com abertura de perguntas e respostas sobre o tema: Massoterapia, parceria da saúde e da beleza.
O evento contou com a participação internacional da professora Ana Maria Honorato, do Chile, que é Thai massoterapeuta, educadora física e dançarina. A profissional apontou os segredos das técnicas da Tailândia para manter a juventude e a beleza. “Esta massagem é uma coreografia entre duas pessoas e ajuda a relaxar, pois tem muitos movimentos similares ao da dança.”.
De acordo com Ana Maria, esta técnica também traz benefícios como anti-stress, harmoniza a relação psicossomática, melhora a circulação sanguínea e linfática, tonifica a musculatura, abre as articulações, relaxa a mente, além de desintoxicar o organismo.
Cris Ayres, física quântica e terapeuta ayurveda, palestrou sobre a massagem Ayurveda, a Abhyanga. “Do Sânscrito Ayur significa vida e, veda, conhecimento. Estes dois conceitos unidos perpetuam a arte de manter a vida com harmonia”, explica.
Mais que um sistema médico, Ayurveda é uma ciência védica de sabedoria ancestral de cura, prevenção e longevidade. “È um estilo de vida, uma forma de viver em harmonia com a natureza, em que saúde significa equilíbrio entre corpo, mente e espírito”, completa a terapeuta.
“Para o diagnóstico, o profissional deve fazer um mapeamento do biotipo de nascimento do cliente, pois assim entenderá o comportamento emocional, psicológico e físico do indivíduo”, enfatiza Cris.
Léo Artese é massoterapeuta, acupunturista, comunicador e locutor. O profissional explicou aos congressistas a importância da comunicação. “Usamos 55% de comunicação corporal, 31% da voz e 7% é o conteúdo”. O aprimoramento da relação interpessoal pela comunicação, complementa a função terapêutica pela maior interação terapeuta-paciente.
O encontro foi finalizado com a vivência de técnicas de abordagem pelo toque, que estimulam o prazer de tocar e ser tocado. Javier Sunder convidou os presentes para uma meditação chamada Heart Chackra, do mestre Osho. Após a meditação, os profissionais fizeram uma atividade, coordenada por Armando Austregésilo: Um toque de graça. “É uma oportunidade de falar sobre o toque. Acredito que seja um toque no coração, na alma”, afirma.

Por Tatiana Lichtig
Congresso de Estética / Data: 29/08/09